CONHEÇA AS PRINCIPAIS MÉTRICAS DE MARKETING.

ACM Digital 01:39 0 comentários


CONHEÇA AS PRINCIPAIS MÉTRICAS DE MARKETING.

Agora que você já sabe a importância e benefícios das métricas de marketing para o desempenho da sua empresa, vamos analisar quais são as principais. Acompanhe:

Retorno sobre o investimento (ROI)

O ROI representa o Retorno Sobre o Investimento, como já demonstramos anteriormente em um exemplo.

Essa métrica faz uma relação entre o valor retornado em uma estratégia e o que foi aplicado nela. A importância de acompanhar esse indicador está justamente no poder de identificar se é uma ação realmente eficiente ou não, além de quantificar isso.

Você pode comparar o ROI entre diferentes estratégias para encontrar o que é mais vantajoso.

No cálculo do ROI são considerados todos os gastos relativos a ação, tais como salário dos envolvidos, ferramentas utilizadas, gastos com publicidade, entre outros.

Retorno sobre o investimento publicitário (ROAS)

O ROAS é bem parecido com o ROI, a diferença está no que é levado em consideração no momento de calcular o investimento aplicado. Aqui, só é tratado o valor específico de publicidade.

O cálculo se faz da seguinte forma:

ROAS = (receita gerada – investimento na campanha) / investimento na campanha

Se o ROAS calculado for igual a 1, ou 100%, significa que você está investindo o mesmo que está ganhando, ou seja, ficando no zero a zero. Se o resultado do ROAS der maior do que 100% significa que a estratégia gerou lucro. No entanto, se o valor calculado for menor do que 100%, você teve prejuízo na ação publicitária.


Custo de Aquisição de Cliente (CAC)

O Custo de Aquisição de Cliente, ou abreviado em CAC, representa o valor necessário para se conquistar um cliente, a partir de uma determinada estratégia.

Essa métrica é fundamental para que você avalie seu plano de ação e encontre as melhores práticas, com os menores valores de CAC.

Se o CAC for muito alto, significa que a ação praticada demanda um valor muito alto para alcançar a conversão.

Para calcular o CAC basta seguir a fórmula:

CAC = Valor investido na estratégia / número de clientes conquistados

Ticket médio

O ticket médio representa o valor médio que os clientes gastam na sua empresa, ou seja, os valores dos pedidos.

É muito interessante manter um plano de acompanhamento do ticket médio justamente para criar ações que elevem esse indicador. Quanto mais seus clientes gastarem por pedidos, maior será o lucro.

Algumas ações de marketing e vendas conseguem elevar diretamente essa métrica, tais como oferecer frete grátis a partir de um determinado valor no pedido, oferecer combos de produtos ou descontos progressivos.

Para calcular o ticket médio basta utilizar a seguinte fórmula:

Ticket médio = Valor total faturado / número de pedidos concluídos

Valor do tempo de vida do cliente (LTV, ou Lifetime Value)

O LTV, ou Lifetime Value, representa o valor do tempo de vida do cliente. Isso porque cada empresa consegue cativar o consumidor por um determinado tempo, por diferentes motivos. Um cliente pode deixar de comprar na sua empresa por insatisfação, uma má experiência, influência de um concorrente, a pessoa não utiliza mais o produto ou serviço ou ainda algum outro fator.


Para calcular o LTV, primeiro você deve conhecer o tempo médio de retenção dos clientes. Por exemplo, se você tem uma empresas SaaS, com um serviço de plano com duração de 12 meses e após esse período os clientes não renovam a assinatura, o tempo de retenção é de um ano.


Então, conhecido esse período, basta multiplicar pelo ticket médio. Dessa forma, você encontra o valor total que cada cliente apresenta para a empresa.

Confira a fórmula:

LTV = ticket médio x tempo médio de retenção dos clientes

Taxa de cliques (CTR)

A taxa de cliques, ou CTR, é um importante indicador nas campanhas de mídia de performance. Isso porque o número de cliques, além dos resultados, claro, está diretamente relacionado ao custo da estratégia.

Então, a taxa de cliques relaciona a quantidade de impressões, ou seja, o número que seu anúncio é apresentado aos usuários de uma determinada plataforma, e os cliques. O cálculo se faz da seguinte forma:

CTR = Número de cliques no anúncio x número de impressões do anúncio

Custo por Clique (CPC)

Outra importante métrica relacionada com a sua campanha de mídia de performance é o CPC, ou Custo por Clique.

O CPC deve ser sempre acompanhado porque ele direciona o anunciante para o resultado apresentado e também para o custo da campanha. O Custo por Clique é calculado da seguinte forma:

CPC = Custo total da campanha / número de cliques

Custo por Lead (CPL)

O CPL representa o Custo por Lead. Para recordar, chamamos de lead todos aqueles potenciais consumidores com alguns dados de contato conhecidos, como o nome e e-mail.

Dessa forma, depois que o lead é cadastrado na empresa, ela pode traçar estratégias de nutrição. Isso é muito interessante, ainda mais se for criado um plano de automação de marketing, enviando os conteúdos mais adequados, no momento e para o alvo certos.


Para calcular o CPL, basta conhecer o número de leads gerados pela campanha e o valor que foi investido nela, aplicando a seguinte fórmula:

CPL = valor investido na estratégia / número de leads gerados

Visitas no site

Um dos grandes objetivos de qualquer empreendedor que tem um site é levar mais visitantes até o ambiente online. Isso aumenta a possibilidade de conversão em vendas.

Sendo assim, o tráfego no site, que é o número de visitas, é uma das principais métricas de marketing. Para encontrar o valor, basta acessar o Google Analytics.

Visitantes únicos

O tráfego no site, mostrado no item anterior, é composto pelo número de visitas totais e o número de visitantes únicos. Esse segundo termo representa o número exato de quantas pessoas entraram no seu domínio. A diferença disso para o número de visitas é que uma mesma pessoa pode entrar e sair do site várias vezes no dia.

Google Analytics também mostra o número de visitantes únicos no site. É muito importante buscar estratégias cada vez mais eficientes para elevar essa métrica.

Origem do tráfego

Mais do que simplesmente saber quantas pessoas estão acessando o seu site, é fundamental descobrir a origem deles, de qual canal eles estão chegando.

Muitas estratégias são possíveis, tais como o investimento em links patrocinados, o envio de e-mail marketing, publicações nas diferentes redes sociais, sites de referência ou mesmo a pesquisa orgânica do Google e de outros buscadores.

Então, quando se analisa a origem do tráfego, é possível traçar um paralelo com as métricas anteriormente mostradas, como o número de visitantes únicos. Além da quantidade, descobre-se a fonte de geração e, dessa forma, pode-se otimizar os investimentos.

Taxa de conversão

A taxa de conversão é uma das métricas mais acompanhadas em todos os sites. Isso porque ela mostra a relação entre o volume do tráfego e uma determinada ação do público, seja a própria compra de um produto ou serviço, o download de um aplicativo, a assinatura de uma newsletter ou qualquer outro comportamento.

Pensando nas vendas, como é mais comumente utilizada, a métrica funciona da seguinte forma:

Taxa de conversão = número de pedidos concluídos / número de visitantes do site

Devemos lembrar que esse cálculo serve para os outros exemplos mencionados. Ao invés da compra, basta colocar o número de pessoas que tomaram uma determinada ação.

Taxa de rejeição

Nem todas as pessoas que entram no seu site terão uma boa experiência. Infelizmente, isso acontece! Às vezes, o usuário acaba entrando na página buscando uma outra informação e simplesmente fecha a página quando vê que não vai encontrar o que precisa, sem buscar outras informações.

Então, a taxa de rejeição mostra exatamente a parcela de pessoas que entraram e saíram do seu site pela mesma página, sem ao menos clicar em algum botão.

São vários os fatores que podem gerar uma alta taxa de rejeição, tais como:

·         erros de construção das páginas;
·         direcionamento de link errado;
·         informações confusas, ausentes ou inadequadas;
·         excesso de elementos na página, como pop ups;
·         entre outros.

Então, é preciso estar sempre atento à essa taxa e buscar maneiras de reduzi-la. A fórmula para o cálculo é a seguinte:

Taxa de rejeição = número de visitantes de uma única página / número de visitantes de mais de uma só página

Tempo de permanência no site

O tempo de permanência no site é um dos fatores principais para um bom ranqueamento do Google na pesquisa orgânica. Quanto mais tempo os usuários permanecem acessando as páginas, mais o buscador entende que aquele conteúdo é realmente relevante.

Esse dado também é importante para entender o comportamento dos consumidores. Aliando essa métrica com as páginas acessadas, consegue-se entender em quais páginas eles passam o maior tempo e, assim, quais são os maiores interesses.

Para conhecer esse dado, basta acessar o Google Analytics.

Tempo de carregamento das páginas

Outro fator importante para o ranqueamento do site é o tempo de carregamento das páginas. Afinal, ninguém gosta de clicar em um link ou em um botão e ficar esperando por muito tempo até que o conteúdo seja aberto, não é mesmo?

Se o tempo de carregamento for longo, a taxa de conversão pode cair bastante, o que interfere diretamente nas vendas.

Os motivos para levar a uma demora no acesso também são vários, tais como:

·         erros na construção do site;
·         utilização de imagens e vídeos pesados;
·         falta de suporte para os dispositivos móveis;
·         entre outros.

Devemos nos lembrar que o tempo de carregamento das páginas também influencia na experiência gerada ao usuário. Se ela não for agradável, a chance de ele concretizar um negócio se torna baixa.

Taxa de abertura de e-mail

O e-mail marketing é uma das estratégias mais tradicionais entre o marketing digital. Mesmo sendo tão antiga, essa técnica ainda apresenta uma alta taxa de conversão.

Para isso, é interessante manter uma boa lista de contatos, com pessoas qualificadas e interessadas nas soluções apresentadas pela empresa.

Além disso, o conteúdo enviado no e-mail é de suma importância. Não confunda essa prática com o envio de lixo eletrônico. Enviar spam, além de não ter eficiência, pode prejudicar a entrega das suas mensagens.

Então, planeje muito bem os conteúdos do seu e-mail e tenha certeza de que eles serão relevantes ao seu público.

Para comprovar o desempenho do e-mail marketing, temos a métrica da taxa de abertura. Ela relaciona para quantas pessoas você enviou o e-mail e, dessas, quantas realmente abriram a mensagem e leram o conteúdo, não ficando somente no título.

Taxa de cliques de e-mail

Quando você envia um e-mail marketing, o objetivo por trás disso é grandioso. Você pode direcionar o contato para a página de um produto, pode enviá-lo até uma landing page para buscar mais dados relevantes, pode apresentar as mídias sociais da empresa, entre outros.

Então, para fazer esse direcionamento, utilizamos botões. É crucial acompanhar a taxa de cliques nesses botões para acompanhar quantas pessoas realmente tomaram a ação determinada.

Seguindo o caminho desde o início, você envia um e-mail para a sua lista de contatos. Do total, uma parcela abre a mensagem (taxa de abertura) e desses, uma parcela menor clica em uma das chamadas para ação (taxa de cliques).

Portanto, como vimos em nosso conteúdo, as métricas de marketing servem para que o gestor ou empreendedor de um negócio consiga acompanhar bem de perto tudo o que está acontecendo.

Analisando as métricas, consegue-se entender o desempenho de cada investimento, otimizando as ações e buscando melhores resultados.

Mostramos uma lista com as principais métricas. Avalie cada uma delas e veja quais são relevantes para a sua empresa manter o acompanhamento!



A ACM marketing digital pode ajudar a sua empresa a criar esse engajamento com seus potenciais clientes. Criamos o site da sua empresa, criamos páginas nas redes sócias, e gerenciamos todo trabalho de divulgação e criação de conteúdo para atrair novos clientes.

Fale com a ACM Marketing Digital sobre os objetivos do seu negócio e alavanque sua empresa com o marketing digital!

Acesse nosso site para saber mais - http://acmdigital.com.br/


Central de Atendimento - (11) 2228.2871


ACM Marketing Digital

Desenvolvedor

Somos Profissionais da Internet Temos Condições de Ajudar o seu negócio a conquistar mais clientes.

0 comentários :

Postar um comentário